POSSO TODAS AS COISAS

Autenticação

powered_by.png, 1 kB

INÍCIO seta INÍCIO seta ORAI EM TODO O TEMPO
ORAI EM TODO O TEMPO PDF Imprimir e-mail

(Efésios 6:18)

Orar em todo o tempo não quer dizer apenas que devemos orar a toda a hora. Existem versões que em vez de “todo o tempo” dizem: “em todas as ocasiões”

Ou seja, devemos e precisamos de orar sejam quais forem as circunstancias. Quando tudo vai bem, quando vai menos bem, mesmo quando tudo vai mal.

A Bíblia ensina-nos que devemos orar. Porém, todos reconhecemos que orar é uma tarefa que em caso de nossa intimidade com Deus não for muito estreita, orar torna-se algo muito custoso e que nós não praticamos com muito entusiasmo.

A bíblia nunca diz que orar seja divertido nem fácil, mas ela diz que embora orar seja duro e difícil para a nossa carne, nós precisamos orar e que orar para o crente é necessário.

A oração exige concentração, disciplina e fé, como também disponibilizar tempo.

Normalmente nós não pensamos assim: “mal posso esperar por chegar a casa, tomar um banho, dobrar os joelhos e orar”

Antes, o nosso primeiro pensamento ao sair do trabalho é este: “mal chegue a casa tomo banho, sento-me e relaxo frente ao televisor ou computador, ou vou dormir uma sesta…” não é isso que muitos podem fazer mas que gostariam de fazer, não? Isto sim é o que nossa carne pensa e que lhe agrada.

No entanto, lendo a Bíblia nós vemos que orar era algo que fazia parte da vida dos grandes servos de Deus e da Igreja. Para não falar do Senhor Jesus que é o maior exemplo quanto à oração. Apesar de ser Deus, Ele não dispensava passar tempo a sós com o Pai.

Além da nossa carne que é um grande entrave à nossa vida de oração, existem outras barreiras que levam com que não oremos ou oremos pouco.

O legalismo.
Quando nos deixamos levar pelo nosso legalismo começamos a olhar para nós mesmos, vendo e reconhecendo que não temos sido bons cristãos.

Começamos a pensar que não temos lido e meditado na palavra de Deus como devíamos, que temos discutido com a esposa, com os filhos, com colegas de escola ou de trabalho… que o nosso testemunho não tem sido o melhor, etc. e então começamos a pensar:

“Se eu orar a minha oração não vai valer de nada, não será ouvida nem atendida.”
Não nos consideramos merecedores de ser ouvidos por Deus, pois não temos feito a nossa parte, por isso e com toda a razão Deus não vai fazer a dele.

A palavra de Deus em lugar algum diz que se não formos merecedores Deus não nos ouve, pois merecedores diante de Deus nunca ninguém poderia ser, mesmo quando nos conduzimos direito, porque quando nos conduzimos direito não é por nosso mérito, mas é devido á graça de Deus.

A Bíblia ensina-nos que não devemos olhar para nós mesmos, mas a olhar e esperar somente em Deus com verdadeira fé.

Outra das barreiras é a emoção.
Por vezes quando oramos sentimos grande alegria ou até nos arrepiamos sentindo uma forte presença de Deus em nós. Porém, isso não acontece sempre e há ocasiões em que nós não sentimos algo especial, sentindo até uma sensação contrária.
Sentimos pouca alegria e sentimos que Deus não ouviu a nossa oração, e isso nos leva a desistir de orar.

Precisamos aprender a lidar com as emoções, embora sabendo que as emoções tem seu lugar e importância na nossa vida, precisamos aprender que não devemos depender delas mas sim da nossa fé.

Isto porque Deus não age de acordo com as nossas emoções, mas apenas de acordo com a nossa fé e com a Sua vontade.

Podemos ter grandes experiencias emocionais, até bem fortes que nos levam a sentirmo-nos como que arrebatados ao céu, mas isso não significa que estejamos mais perto de Deus que quando não sentimos nada disso.

É a nossa fé que nos aproxima mais ou menos de Deus e não o que nós sentimos, porque os nosso sentimentos por vezes são fruto de circunstâncias ou do ambiente que nos cerca.
Exemplo:
Um avião levanta voo à meia noite do Porto para Lisboa. Imaginemos o piloto numa noite escura e de chuva tentando olhar pela janela para ver para onde fica Lisboa. Será que o piloto desta forma chegaria a Lisboa ou teria alguma ideia de para onde ficava Lisboa?

Como ele consegue então ir direito a Lisboa, e mais ainda, aterrar direitinho no aeroporto?
É confiando nos instrumentos de orientação que tem na sua frente, como a bússola, radar, GPS, etc.
Se o piloto ignora-se estes instrumentos pilotando o avião segundo os seus sentimentos e emoções, o mais certo seria ele aterrar no Algarve no cimo de um monte causando um grande acidente, matando-se a si e aos passageiros.

Deus sabe que nós nunca poderíamos guiar as nossas almas no mundo espiritual sem uma bússola.

Essa bússola não são os nossos sentimentos porque eles são volúveis, inconstantes e sujeitos às circunstâncias do momento, e que até mesmo Satanás os pode manipular, e que o nosso coração é enganoso mais que todas as coisas como diz Jeremias.

Esta bússola dada por Deus para que nos saibamos guiar e orientar é a Sua palavra, segundo a fé que depositamos nela.

Portanto, precisamos de nos libertar seja do legalismo, seja do emocionalismo, pois só assim conseguiremos orar mais e com mais eficácia e em todas as ocasiões (todo o tempo).

Seja estando tristes ou estando alegres. Se temos levado vidas mais santas ou menos santas, quer a vida esteja correndo bem ou esteja a correr mal.

Precisamos orar em todo o tempo, porque Deus promete que se orarmos com fé Ele nos ouve. Podemos até dizer que temos fé, mas se não orarmos não demonstramos vontade que Deus nos atenda.

Que Deus nos ajude a orar em todo o tempo seguindo os princípios que Ele ordena na Sua palavra. Amén

 

Versículos Bíblicos

Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.

Salmos 119:105
 

Aniversários

Hoje não temos membros aniversariantes.

ULTIMO JORNALECO Nº 28 PDF

VIDEO CLIP DA SEMANA

VÍDEO CLIP DA SEMANA
JOE VASCONCELOS
TU ÉS MAIOR

Quem está Em Linha

 Nenhum membro online

ESTATÍSTICAS

 Hoje5
 Ontem54
 Esta semana224
 Este mês1574
 Total de visitantes161548

TODO O DIA COM JESUS

© 2007 Igreja Evangélica em Algeriz