powered_by.png, 1 kB
INÍCIO seta REFLEXÕES seta O QUE É NOSSO? O QUE É DOS OUTROS?
O QUE É NOSSO? O QUE É DOS OUTROS? PDF Imprimir e-mail
 
"Porque nada trouxemos para este mundo e nada podemos daqui levar."
I Timóteo 6:7

Certo dia uma moça estava à espera do seu vôo, na sala de embarque de um aeroporto.
Como ela deveria esperar mais de uma hora, resolveu comprar um livro para matar o tempo,  também comprou um pacote de biscoitos.
 
Sentou-se numa poltrona na sala Vip do aeroporto, para que pudesse descansar e ler em paz. Ao seu lado sentou-se um homem. Entre os dois, um pacote de biscoitos. Mesmo distraída com a leitura, ela percebeu que quando pegou o primeiro biscoito, o homem também pegou um. Isso a deixou indignada, mas não disse uma palavra. Apenas pensou: "Mas que parvalhão... Se eu estivesse para me chatear, passava-lhe já uma desanda que iria ficar envergonhado para o resto da vida, mas não vale a pena."

A cada biscoito que ela pegava o homem também pegava um.

Aquilo a deixou tão indignada que nem conseguia reagir.

Restava apenas um biscoito e ela pensou: "O que será que esse "parvalhão" vai fazer agora?"

Então o homem dividiu o biscoito ao meio, deixando a outra metade para ela.

Aquilo a deixou bufando de raiva.

Ela guardou o seu livro, pegou nas suas coisas com violência e se dirigiu ao embarque, bastante zangada.

Quando se sentou, confortavelmente, na sua poltrona no interior do avião, olhou para dentro da bolsa e, para sua surpresa, o pacote de biscoitos estava ainda intacto.

Ela sentiu enorme vergonha, pois quem estava errada era ela, e já não havia mais tempo para pedir desculpas.

O homem dividiu os seus biscoitos sem se sentir indignado, enquanto que ela tinha ficado muito transtornada, pensando estar a dividindo os dela.

PENSA NISSO:

Quantas vezes, na nossa vida, nos aborrecemos por causa de nosso próprio egoísmo?

Será que não estamos comendo os "biscoitos" dos outros, e não temos a consciência disso?
 
© 2007 Igreja Evangélica em Algeriz