powered_by.png, 1 kB
INÍCIO seta REFLEXÕES seta A ADMIRÁVEL FÉ DOS ATEUS!
A ADMIRÁVEL FÉ DOS ATEUS! PDF Imprimir e-mail

Tenho alguns amigos que se dizem ateus e pelos quais tenho grande admiração. São pessoas de bem, extremamente sinceras, honestas, trabalhadoras e nas quais percebo que há uma fé bastante incomum. Isso mesmo: fé! Sei que dizer isso de um ateu parece algo incoerente, mas gostaria que você considerasse os meus argumentos:

É preciso ter muita fé para crer que o tudo veio do nada
Se eu lhe mostrasse a um relógio e dissesse que ninguém o fabricou, você acreditaria? Mas os ateus conseguem ser mais crédulos do que os próprios crentes. Para um ateu é mais fácil crer que todos os corpos celestes do Universo e tudo que neles há surgiram do nada, do que crer que um simples relógio não tenha fabricante. Francamente, eu não consigo entender isso, razão pela qual concluo que somente uma fé descomunal pode justificar tal raciocínio.

É preciso ter muita fé para crer que uma explosão construiu ao invés de destruir
Não é preciso ser especialista em pirotecnia para saber que explosões destroem. Eu nunca soube de alguma explosão que tenha construído alguma coisa, por mais insignificante que seja. No entanto, a maioria dos ateus acredita na teoria do Big Bang, uma grande explosão que teria dado origem ao Universo. Ora, mediante o fato de que explosões destroem, é preciso ter uma fé muito explosiva para conceber tamanha incoerência.

É preciso ter muita fé para se viver sem a esperança da eternidade
Meus amigos ateus trabalham, constituem família, se divertem, constroem planos, os  realizam  e tudo isso sem acreditar na vida após a morte! Confesso que admiro muito isso, pois eu mesmo não sei se construiria algo na vida imaginando que ela terminasse por completo na sepultura. Particularmente, tenho muita dificuldade para me dedicar a algo que não faça sentido. Ainda que eu fizesse alguma coisa boa por alguém, de que adiantaria se esta pessoa também seria extinta, não restando nada do seu ser e nem do meu? No entanto, apesar dos meus amigos ateus não crerem na existência do espírito, ainda assim tornaram-se pessoas de bom carácter, mais honestas até do que muitos religiosos. Além do que é preciso ter muita fé para continuar sorrindo mesmo sem a esperança da eternidade.

É preciso ter muita fé para se imaginar como Deus deveria ser
Um dos argumentos predilectos para se defender o ateísmo é o de que “se Deus existisse Ele não permitiria que o mundo fosse dessa maneira”. Por exemplo, sempre que ocorre uma grande catástrofe eles se apressam em questionar: “Onde está Deus?” O que talvez eles não estejam se dando conta é que isso não prova a inexistência de Deus; prova somente que eles creriam em Deus se Ele fosse do jeito que eles gostariam. Portanto, imagine o tamanho da fé necessária para se criar um molde grande o bastante para que Deus possa caber nele...

Realmente, é admirável a fé de meus amigos ateus!

Alan Capriles
 
© 2007 Igreja Evangélica em Algeriz