powered_by.png, 1 kB
INÍCIO seta MENSAGENS seta AS DUAS PORTAS
AS DUAS PORTAS PDF Imprimir e-mail


I Cor. 15:21,22 - Mateus 7:13
Gostaria de falar sobre um assunto que está presente em toda a palavra de Deus, embora de diferentes formas, que é o assunto da salvação do homem e de como ele é salvo.

O apóstolo Paulo e o Senhor Jesus nas passagens que lemos falam disto de uma forma bem diferente, mas ambos nos dão informação muito útil acerca deste assunto.

Os fariseus que eram muito religiosos, mas tinham uma ideia muito errada do que era ser um filho de Deus.

Hoje infelizmente entre muita gente religiosa existe muita ideia errada acerca deste mesmo assunto.

Não me refiro só às pessoas das religiões do mundo que seguem os ídolos e as doutrinas e ensinos de homens, mas a tantos casos de pessoas que conhecem bem a verdade, mas ainda não entenderam o que é realmente ser salvo e ser filho de Deus.

Tanto Paulo como Jesus falam-nos de duas portas distintas.
Só uma leva à salvação, e a outra como se deduz facilmente leva ao oposto que é a perdição.

Paulo fala de Adão e de Jesus deixando bem claro que em Adão não pode haver salvação, mas somente em Jesus. (Que quer isto dizer?)

Lendo o cap. 7 de Mateus, vemos que os fariseus julgavam que por serem descendentes de Abraão eram filhos de Deus. Muitas pessoas também acham que por serem descendentes de Adão, são desde logo filhos de Deus.

O homem em Adão encontra-se na morte e na perdição. Isto significa que o ser humano ao vir a este mundo se encontra perdido e condenado, pois recebeu de Adão essa herança.

Para que seja salvo o homem precisa ser vivificado. Ou seja, ele precisa nascer novamente. Agora não mais fisicamente mas espiritualmente.

Isto só será possível como diz Paulo, por meio de Cristo.

Temos então aqui duas portas. Uma que é Adão e que leva à perdição. Não é preciso fazer nada, seja bom ou mau, porque independentemente do que se venha a fazer e praticar o homem está destinado à perdição.

A outra porta é Jesus. Esta é a que leva à salvação.

Ser salvo também não depende do homem e do que ele faz ou venha a fazer.
 A salvação como diz a Bíblia é nos concedida segundo a graça de Deus e não segundo nossos méritos ou boas obras.
O Senhor Jesus em João 10:9 diz: “Eu Sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á…”

É PRECISO APENAS ENTRAR. Entrar significa crer, confiar que Jesus tem poder de salvar, porque Ele morreu para isso mesmo, para nos resgatar do nosso pecado, tirando-nos da condenação, tendo para isso ressuscitado ao terceiro dia.

Agora focando-nos em Mateus 7:13 gostaria de falar desta porta larga pela qual muitos entram pensando ser a porta estreita.

Não pretendo amedrontar ou criar dúvidas na mente de ninguém, quero apenas que aprofundemos mais a nossa certeza, querendo também alertar para um grande perigo que muitos podem estar a correr.

Certa altura o Senhor Jesus falou acerca de trigo e de joio que se encontram no mesmo campo e até são muito parecidos, mas que ao chegar o dia da ceifa irá acontecer uma coisa terrível.
Irá ficar a saber-se realmente o que é trigo e o que é joio.
Existe no homem uma habilidade estúpida, que é a de achar que é esperto e sabe tudo, achando até por vezes que sabe mais que Deus, e apesar de Deus nos dizer como podemos ser salvos, a maioria dos homens entendem que tem uma forma melhor de salvação.

Devido a isto o homem então arranja a sua própria porta e infelizmente essa porta tem sido arranjada por tantos dentro das igrejas da Igreja de Cristo.
 
Refiro-me aos que procuram um cristianismo fácil, que seja de porta larga, porque pela porta estreita entram poucos e nós queremos ser muitos.

Os que procuram um cristianismo de aliança com o mundo.

Um cristianismo Sem testemunho, em que ninguém saiba o que nós somos.

Um cristianismo sem igreja, pois assim é mais fácil, não temos que levar as cargas uns dos outros, nem participar das lutas e problemas dos nossos irmãos.
 
Um cristianismo sem Ceia do Senhor, pois assim se andarmos em pecado isso não é tão grave (dizemos nós), pois quem participa da Ceia é que deve ter mais cuidado.

Também há os que procuram um cristianismo sem compromissos. Ir à igreja sim, mas que não nos macem com trabalho ou tarefas que nos roubam a nossa liberdade  e o nosso tempo que nos pertence a nós e não à igreja… etc. etc. etc.

Por todas estas coisas e muitas outras que eu não citei é que o Senhor Jesus fez este aviso sério e solene, para que entremos pela porta estreita, pois entrar pela larga é muito fácil, que nem precisaremos que nos advirtam.

Uma porta estreita significa isso mesmo. Para entrar temos de deixar do lado de fora muita coisa, que por vezes até gostaríamos de levar, mas que devido à porta ser estreita não é possível levar.

Tenhamos em atenção estes avisos, pois poderá acontecer estarmos pensando ter entrado na porta estreita, tendo afinal entrado na porta larga.

Não é difícil descobrirmos em que porta nós entramos.

 Se nós não deixamos nada do lado de lá e continuamos a fazer o que os outros também fazem, e se continuamos a fazer da palavra de Deus letra morta, fazendo apenas a nossa própria vontade, então vai ser grande a nossa desilusão, pois é prova de que nunca fomos salvos.

Precisamos ser vivificados nascendo de novo, agora não da carne mas do Espírito.

Mateus 15:13
Respondeu-lhes ele: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada.
Acerca dos que se escandalizaram dos ensinos de Jesus, ele disse que eles eram plantas que não foram plantadas por Deus, por isso seriam arrancadas.

Arrancadas como diz em outra parte, significa serem lançadas no fogo.

Hoje ainda é tempo de salvação e tempo de analisar a nossa posição diante de Deus e ver se entramos na verdadeira porta estreita, ou se a nossa visão distorcida nos enganou fazendo-nos entrar na porta larga pensando que essa era a porta estreita.

A porta estreita não tem nada que enganar, ela é Cristo e a Bíblia nos mostra quais são os sinais para nós podermos ver se já entramos nessa porta, ou se entramos na porta errada.

Que através destes pensamentos o Espírito Santo nos ajude a ver qual a nossa situação diante de Deus e se ainda não entramos pela porta estreita, ainda estamos a tempo, pois ela ainda se encontra aberta a todos que queiram entrar. Deus te abençoe. Amén

Carlos A. Oliveira

2008

 
© 2007 Igreja Evangélica em Algeriz